terça-feira, 20 de março de 2007

Dito pelo Dito


Depois da encalorada declaração de nosso sui-generis presidente, a respeito da posição do governo quanto à distribuição de preservativos em todo o Brasil. Como nos velhos e já muito saudosos discursos sindicalistianos, Lula declarou enfática, rouca e presa-lingüisticamente:
“Não importa se papai não gosta, se mamãe não gosta, se a igreja não gosta... tem que dar preservativo pra todo mundo... e ensinar como usar!”
Nota de esclarecimento: Penso que a solução para os problemas que a sociedade tem com a gravidez precoce e o aumento das doenças sexualmente transmissíveis (como a AIDS), está em uma relação monogâmica estável entre o homem e a mulher, chamado pelos antigos de "casamento".

3 comentários:

André Tavares disse...

Nilson,

muito legal cara!! Gostei muito. Continue esse trabalho. Parabéns.

Nilson Bispodejesus disse...

Valeu pela força André!

Nagel disse...

Indicação do André. Gostei de ver.

Retorno mais vezes.

Abraços.